Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Barracuda Fastback 67 recebe preparação de peso e acessórios que deixam o muscle ainda mais invocado

Texto: Vitor Giglio
Fotos: Ricardo Kruppa

Plymouth Barracuda Fastback 1967

Logo de cara é possível ver que o novo look deste Plymouth Barracuda Fastback 1967 é digno de estrelar grandes obras cinematográficas. E não é para menos! Com uma preparação pra lá de marrenta e novos acessórios, seu visual icônico foi inteiramente atualizado, sem deixar de lado os traços mais característicos do muscle.

A oficina responsável por esta modificação é uma das mais tradicionais de toda a costa oeste norte-americana: a West Coast Customs.

A West Coast Customs – ou WCC – foi fundada em 1993 por Ryan Friedlinghaus. A oficina ganhou fama mundial ao estrelar o programa Pimp My Ride, da MTV. A empresa californiana possui hoje filiais em outros sete países. Atualmente, a matriz norte-americana fica sediada em Burbank, na Califórnia.

A equipe atual é composta, além de seu fundador Ryan, por figurões como Chris Cooley, Lil Ryan, Dave, Big Dane, Musa, Oliver, Meagan Friedlinghaus, Saul e Mosko. O cantor e ídolo pop teen Justin Bieber é um dos investidores do empreendimento multinacional.

Valentão

Exemplar da segunda geração do Plymouth Barracuda, o modelo fastback 67 que protagoniza esta reportagem tem na preparação seu grande diferencial. O motor original, um 225 cu in (3.7 L) Slant-6 I6 foi substituído por um monstruoso 6.1 SRT8 HEMI. O diferencial é de 9”.

Somadas às demais modificações, o conjunto motor-transmissão ostenta 500HP sob o capô e 727kgmf, ou seja, potência e força de sobra.

Sistema de exaustão com escape duplo, radiador Griffth e suspensão Magnum Force são outros atrativos do projeto. Para ancorar tanto ímpeto são utilizados freios a disco Wilwood.

VEJA TAMBÉM: Plymouth Road Runner Superbird 1970.

E charmoso…

Dois tons de preto sobrepostos são a nova marca registrada na carroceria do Barracuda. A WCC também desenvolveu novas grades exclusivas para o projeto. Outro nítido destaque é o calçado: rodas de 19” na frente, e 20” atrás, da Asanti Wheels.

O interior, todo em couro preto, recebeu instrumentos da Custom Rod Gauges, mas lá dentro o grande destaque fica por conta do sistema de áudio, assinado pela Orion, que é composto por kits de falantes médios de 6,5”, dois subwoofers de 10” e dois amplificadores. Um mono de 1.6000 W RMS e um estéreo de 800 W RMS.

Fotografado pela equipe de Hot Rods em Las Vegas, o projeto californiano reforça o estilo da costa oeste norte-americana, onde forte motorização e acessórios de grife não são nada se não andarem de mãos dadas com o estilo.

VEJA TAMBÉM: Esportivo antigo: Plymouth Road Runner 1970 de 470 cv.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

DEIXE UMA RESPOSTA